segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Mensagem # 4 (Ano Novo)

A Filipa Cortez Faria respondeu à minha solicitação e deixou uma mensagem nesta época festiva. Obrigada Filipa e um Bom Ano.



A nossa vida é feita de histórias e momentos. Momentos bons, outros menos bons, mas os que ficam na nossa memória e os que retratamos com mais entusiasmo são naturalmente aqueles que nos fazem sorrir.
É certo que atualmente vivemos em tempos de incerteza e insegurança, no entanto há que pensar positivo e transmitir exatamente o oposto aos nossos filhos: certeza de que viverão num mundo melhor e segurança no seu crescimento e futuro.
Devemos pensar naquilo que a vida nos traz de bom, nas bençãos que nos chegam e no sorriso das crianças, porque a felicidade é o ponto de partida para um vida em pleno. Por isso digo "Happy kids are the best thing in life".
Um grande beijinho para todos os que seguem o blogue da Tia Cocas e para os meus seguidores e um ÓTIMO 2013!



domingo, 30 de dezembro de 2012

Ano Novo...

Ano Novo, vida nova
Ano Novo, nova dieta
Ano Novo, novos desafios profissionais
Ano Novo, alguma mobília nova
Ano Novo, nova esperança
Ano Novo, roupa nova
Ano Novo, oportunidades novas
Ano Novo, novas pessoas
Ano Novo, novas viagens
Ano Novo, novos êxitos
Ano Novo e tanta coisa nova para conquistar, pedir, desejar, querer e ter...

Ano Novo mas graças a Deus há coisas que se mantêm, não são novas, a família  a felicidade, a saúde, o emprego...que tudo se mantenha e dure...

Feliz Ano 2013

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

e agora venha o ano novo

E já acabaram as mensagens de Natal, os postais e presentes, os longos almoços, os jantares pela noite dentro, a barriga cheia de doces e um peso na consciência...enfim já passou, mais um Natal.
Por aqui correu tudo bem, a MF ainda que não tenha grande noção do Natal e afins, achou imensa piada, quando no dia 25 pela manhã viu uns brinquedos novos, com os quais passa o dia a brincar.
Agora vem o ano novo...vida nova? Em algumas coisas sim, acho que sim, devemos mudar ainda que pequenas coisas, pois são essas pequenas coisas que dão côr e sabor aos 365 dias de mais um ano.
Espero que todos possam mudar (para melhor, claro) alguma coisa neste novo ano, ainda que seja uma promessa de não...qualquer coisa, ou de só...qualquer coisa.

Ano Novo, Vida Nova, venha ele...2013...

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Mensagem # 3

"Então, é Natal...! :)


Meus Queridos e queridas, leitores e leitoras do Tia Cocas...é chegado o dia que tanto esperávamos! Dia de estar com a família, de renovar os laços que nos unem...dia de encostar os problemas, e dar as boas vindas a um enorme sorriso. Dia de vestir os nossos pequenos e pequenas com a roupinhas que, com tanto cuidado, escolhemos. Dia de abraçar aquela tia que já não vemos há muito, de telefonar aquele amigo distante, e de agarrar e encher de beijinhos os que estão ao nosso lado. Dia de festejar. Festejar aquilo que temos, e compreender o que não temos.  

Dia de ser feliz. Coletivamente.

Dia de agradecer, perdoar, aproximar. Dia de lembrar daquilo que é importante, e esquecer o que apenas faz mal. Dia de brindar a novos horizontes, e de desejar profundamente, que o mundo possa oferecer os nossos sonhos...

Dia de pensar naqueles que mais precisam. De fazer algo por eles. Dia de reflexão. Todas aquelas que adiamos e adiamos...

Aproveitem para engrandecer, meus caros. Natal é apenas uma vez no ano, eu sei.  Mas ele pode ser mais do que isso. Ele pode estar em muitos pedacinhos da nossa vida, que espalham-se pela nossa história, e fazem com que possamos sentir que vivemos...e que não apenas "passamos pela vida", sem levar algo e sem deixar também. O Natal quer que sejamos felizes uns com os outros. Então vamos ser. Todos os dias, o dia inteiro. 

UM FELIZ NATAL!

Beijinhos, muitos, sempre.


http://www.facebook.com/TiaCocas

sábado, 22 de dezembro de 2012

Mensagem Tia Cocas

Ainda que eu ache que o Natal deveria ser todos os dias, que a bondade, a caridade, o ajudar o próximo são estados e formas de estar que deveriam fazer parte do nosso dia a dia, eu percebo e concordo que o Natal seja uma data especial.
Então o melhor será ajudar sim, mas também reflectir nesta data e decidir que nós podemos e devemos fazer o Natal todos os dias...
Infelizmente o Natal foi-se tornando algo mais comercial, mas há quem ainda faça a diferença e é para essa diferença que devemos olhar.
Um gesto, uma palavra por vezes enchem o coração de outros. Uma partilha de bens, um dar sem querer nada em troca enchem a barriga de quem mais precisa e trazem sorrisos puros e verdadeiros.

A todos os meus leitores(as) desejo um Santo Natal, junto de quem mais gostam, partilhando e recebendo, rodeados de paz, alegria e muita magia...

TiaCocas


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Mensagem # 2

Bom dia, bom dia,

Hoje deixo-vos a mensagem 2, da Sofia, autora do blogue "Entre Biberons e Batons":



Desejo a todos os seguidores da Tia Cocas umas festas muito felizes. Que a magia que, muitas vezes, a blogosfera proporciona, trespasse para 2013, e que se traduza em momentos que valem a pena ser recordados.




Ass: Entre Biberons e Batons

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Mensagem # 1

Na sequência das minhas entrevistas no mês de Dezembro resolvi, fechar com chave de ouro, e pedir a cada uma das minhas entrevistadas que deixasse uma mensagem de Natal... foram umas queridas e acederam ao meu pedido, aqui fica a primeira, da Joana (By me (&her)).


Árvore dos Amigos


Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo. Há muitos tipos de amigos.


... Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.

O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe. Mostram o que é ter vida.



Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, do coração. São sinceros, são verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então e chamado de amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.

Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.

Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre... simplesmente porque: "Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.





Obrigada Joana e Feliz Natal!!!! 









terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Entrevista # 4

Achei o nome do blogue giríssimo e comecei a ser sua leitora, "Entre biberons e batons" é um blogue para mães e mulheres, onde me revejo muito.
À semelhança de outros blogues este é também um young blog, que teve inicio em Junho deste ano, mas que já causa algum impacto na blogosfera





Nome: Sofia Patrício
Idade: 33 anos
Signo: Aquário 
Mãe de Gonçalo
Profissão: jornalista





1.  À semelhança das minhas anteriores entrevistadas e tal como eu o "entre biberons e batons" é um "young blog", nasce em Junho 2012. Pelo que li no seu 1º post é por ser mãe que cria este blog, correcto? Mas  não coincide com o nascimento do seu filho, aparece mais tarde este desejo, porquê?

Este blogue nasceu por vários motivos e todos eles complexos, por isso vou resumir. Quando fui mãe, senti tanta coisa ao mesmo tempo, era tudo tão avassalador, que tinha uma necessidade enorme de extravasar o que me ia na alma. O que estava a sentir enquanto mãe e enquanto mulher e mãe. E não estou a falar só do amor gigante, crescente e incondicional que sentia pelo meu filho. Estou também a falar das frustrações, dos medos, das ansiedades, das inseguranças... 
Por outro lado, queria, de algum modo, eternizar o que estava a sentir, para poder um dia mostrar ao Gonçalo o quanto o amei desde o primeiro segundo e proporcionar-lhe também um registo do crescimento dele; das gracinhas, das traquinices, das birras...
Como escrever é uma das minhas grandes paixões, pensei logo que a melhor forma de extravasar tudo isto seria escrevendo. E foi o que fiz. Comecei por fazê-lo numa espécie de diário, à moda old school, mas este verão duas amigas diferentes, que não se conhecem entre si, incentivaram-me a escrever um blogue e eu pensei: "porque não?". E cá está o Entre Biberons e Batons :) 

2. No seu 1º post diz "A maior parte de nós faz questão de desempenhar estes papéis na perfeição.", considera-se uma perfeccionista?

Sim, considero. Mas se esta característica pode ser uma virtude e um defeito enquanto mulher, então enquanto mãe nem se fala. Atenção que este perfecionismo existe na medida em que eu quero ser a melhor mãe do mundo e não na perspetiva de querer que o meu filho seja perfeito. A minha prioridade é educá-lo o melhor que sei e posso, e que ele se torne uma pessoa íntegra, com valores, e, acima de tudo, que seja feliz. No entanto, por ser tão perfecionista e humana, e não uma deusa, obviamente que erro muitas vezes e que tenho vários momentos de fraqueza. Quando isso acontece, por mais que, racionalmente, saiba que é normal, sofro mais do que se calhar devia.

3. Já conhecia o mundo dos blogues?

Sinceramente não. Apenas numa vertente profissional. Ou seja, sabia quais os blogues mais conhecidos e influentes, mas era mesmo só isso.  

4.Como foi a reacção do marido e familiares?

O meu marido achou a ideia gira, mas acredito que no início não se apercebeu bem da importância que eu estava a dar a este "projeto". A minha família também acha bem e ficam contentes por mim. Por verem que estou a gostar e que me está a fazer bem. O blogue está-me a fazer muito bem. Estou a adorar! 

5. E a sua reacção quando começou a ver que o blogue começava a ter visitas e que tinha leitores(as) que comentavam os seus posts?

Quando comecei com o blogue não pensava nisso. Não era que não me importasse, mas quando criei o blogue pensei nele como um diário aberto, um portal de partilha... só percebi a importância de saber que o blogue é lido por terceiros, quando efetivamente comecei a ter visualizações jeitosas :) É claro que ainda sou uma formiguinha na blogosfera, mas fico mesmo muito feliz quando sinto o feedback das pessoas. Não sei se elas têm noção da importância que tem esse feedback :) E mais do que sentir isso no blogue, sinto-o na página de facebook do blogue. Dadas as características desta plataforma, que funciona muito no imediato, acaba por ser um espaço mais dinâmico e mais interativo! 

6.  Assim como escreve para mães e mulheres em tom de desabafo e crónica, relê também os seus posts enquanto leitora, ou procura fazer isso junto de outros blogues?

É raro reler os meus posts. Releio antes de os publicar, claro, mas depois não o costumo fazer. Faz mais sentido para mim ler o que outras mães dizem sobre os mais variados assuntos. Até porque o que eu sinto e vivi, eu já sei. Não sei é o que as outras mães pensam e sentem "naquela" situação e creio que estes blogues servem para isto mesmo. Partilhar experiências, sentimentos... No fundo, procuro nos outros blogues o que espero que encontrem no meu. Empatia! No bom e no menos bom.

7. Inspira-se muito no seu dia a dia enquanto mãe e mulher ou pesquisa junto de amigas e conhecidas, para criar e escrever os seus posts?

Inspiro-me sobretudo no meu quotidiano  sem dúvida. Mas dele faz parte tudo o que me rodeia e nesse sentido também posso dizer que "uso" histórias de amigos e conhecidos para me inspirar. Não procuro. Simplesmente tento estar atenta ao que se passa à minha volta.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Almoço de Natal

Este sábado foi dia de almoço de Natal com os amigos. Como já é habitual vamos sempre ao mesmo restaurante (Cozinha da Terra) e só saímos de lá ao final da tarde.
A Cozinha da Terra é um restaurante em Paredes, numa antiga casa de lavradores e que nos apresenta sempre umas iguarias fantásticas.
É mesmo para esquecer a dieta e as calorias.

Além de ser um almoço entre amigos, com muita conversa, risota e disparates à mistura, é também um excelente momento para me deliciar com pratos bem confeccionados e muito apetitosos. Confesso que a minha perdição é a sobremesa: queque de noz feito na altura, com gelado de ovos moles....hmmmm....





sábado, 15 de dezembro de 2012

Entrevista # 3

Descobri o blogue Little M há pouco tempo, mas já sou uma leitora assídua. Entretanto já troquei algumas impressões com a autora do blogue, que é uma querida.
Resolvi fazer-lhe umas perguntitas et voilá, mais uma entrevista, que tenho a certeza vão adorar.

Nome: Luana Freire, mais conhecida por "Lua"
Idade: 29 anos
Signo: escorpião
Mãe da M., a Matilde dos abraços, dos risos, dos beijos. A criança mais feliz e carinhosa que já conheci...
Autora do blogue: http://thelittlem.blogspot.pt
Profissão: jornalista



1  O seu blogue tem pouco mais de um mês. Criá-lo foi uma decisão repentina ou andou muito tempo até a ter decidir dar o 1º passo? 


Na verdade, o blogue está a completar três semaninhas de existência...mas já estava traçado cá dentro há algum tempo...não muito, mas algum. No final de Novembro, houve um dia em que simplesmente acordei e criei o Little M. Assim, sem pensar muito. Surgiu basicamente da minha profunda afinidade com a escrita, e da paixão pela minha filha. Não sei existir sem uma, e sem outra. Até cheguei a criar um outro blogue, com outro nome, mas desisti e apaguei. Ainda não tinha definido muito bem a linha que queria seguir. E até hoje, não consigo encaixar o Little M dentro de uma temática apenas. Não lhe dei um rótulo.Tanto posso criar um post sobre a rotina da minha bebé, como posso criar uma crónica, como posso falar de decoração. Enfim, a vontade de escrever é despertada e eu apenas escrevo...

2. Já conhecia o mundo dos blogues?

Pouquíssimo. Um aqui, outro ali...mas nada que me "prendesse" a acompanhar, porque só conhecia os que falavam de roupa-roupa-roupa. Agora já começo a gostar de alguns, a acompanhar mesmo...porque me trazem sugestões giras, porque me fazem rir...porque adoro ler, e não apenas ver imagens.

3. Como foi a reacção do marido e familiares?

A minha família foi sempre uma grande incentivadora da minha escrita, e a sugestão de criar um blogue veio dela. O meu marido fica encantado com algumas coisas que escrevo, e é um enorme entusiasta! Quando deixo o computador aberto, ele vai logo espreitar as visualizações...está muito entusiasmado com o reconhecimento que estou a ter, em tão pouco tempo!

4."O nosso blog completou quatro dias...com 1.038 visualizações!!! :)))" é uma frase sua, como explica este sucesso quase imediato?

Ai...eu não sei! Até hoje, abro um enorme sorriso quando penso que foi, mesmo, de uma hora para a outra...não estava à espera. Gosto de pensar que sou querida pelos meus amigos, que têm interesse em ver a M., mas não só. Sei que há no mundo, gente que identifica-se com aquilo que eu escrevo. Pessoas que nunca vi na vida! É mesmo fantástico! Só queria ter mais tempo para escrever mais e mais...porque as palavras não me faltam...

5. Pelo que li em alguns dos seus posts, há uma dedicação especial ao blogue,. Como concilia a sua vida profissional, pessoal (enquanto mãe e esposa) e as horas que despende com o blogue?

Construo a minha vida da mesma forma. Sempre tive algum tempo para ler as notícias pela manhã, estar no Facebook à noite, tratar dos emails durante os intervalos das tarefas, procurar coisas giras para a M., e até para compor uma crónica ou outra...a grande diferença, é que agora dedico parte deste tempo ao blogue, que chegou para complementar a minha rotina. Na verdade, acho que o Little M é mesmo a união de todas estas actividades, principalmente porque também temos uma página no Facebook, que permite que eu esteja pertinho das pessoas que visitam o blogue, e mais "antenada" com as novidades. Quanto ao tempo dedicado em exclusivo à escrita... talvez gaste uma hora,  na maioria das vezes menos, com cada post que faço. Depende do "sossego" da Matilde. Fora isto, dou as minhas escapadinhas para ir ao Facebook...
(Agora pensei que o meu marido vai rir ao ler esta resposta, porque na verdade, a primeira semana do Little M fez com que a cozinha ficasse um pouco abandonada...lol...mas nada que já não tenha voltado à normalidade...)

6. Posso afirmar que este blogue é como que um diário que um dia a sua filha M. vai ler e deliciar-se com o que a Mãe escreveu sobre ela e tudo o que a envolve?

 Siiim! Mil vezes siiiiiim! Esta é uma das principais razões para o blogue existir, aliada à enorme vontade de escrever. Tenho um diário que mandei fazer para a M. quando estava grávida, e nele escrevo sempre. O que sinto, o que ela aprendeu de novo...tudo. É mais íntimo. Mas, com certeza o blogue é um cantinho dedicado à minha filha, e que espero que ela leia com muito carinho...


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Entrevista # 2 | 2ª parte

Gostaram da 1ª parte da entrevista com a Filipa Cortez Faria, vejam então a 2ª parte...


5. E a sua reacção quando começou a ver que o blogue começava a ter visitas e que tinha leitores(as) que comentavam os seus posts?

Foi fantástico ver a evolução que o blogue teve! Em menos de 2 semanas ultrapassei os 1.000 Gostos e aí pensei... "Bem, se calhar as pessoas gostam mesmo daquilo que publico!!". Depois os 2.000 e em menos de 3 meses e meio mais de 3.400 Gostos!! Estou a adorar ter pessoas que me dão feedback muito positivo, adorei conhecer algumas durante este últimos eventos e vou continuar a trabalhar para crescer e dinamizar o mundo da moda infantil. 

6. Quantas horas diárias dedica ao blogue?

Não tenho uma agenda muito definida, até porque muitas vezes, à noite, acabo por ceder ao cansaço quando vou adormecer a C. e o S. Por vezes publico logo de manhã, ao acordar, outras ao final do dia ou quando estou nalgum local que mo permite. No Facebook publico sempre diariamente, no blogue não, porque leva mais tempo, que por vezes não tenho.

7. Que tipo de pesquisa faz para nos apresentar tantas opções de roupas e acessórios (todas elas giríssimas)? 

:) Pesquiso imenso no Facebook, especialmente marcas Portuguesas, se bem que há marcas espanholas que me tiram do sério!! Já as conhecia das várias viagens que faço a Sevilha, Madrid e Barcelona. Claro que sempre que tenho tempo, por vezes à hora de almoço, numa viagem, etc. vou às lojas e inspiro-me aí.

8. O blogue é um complemento da sua página no Facebook, ou vice-versa?

Como todas já perceberam, primeiro surgiu o Facebook e depois veio a necessidade do blogue. Senti que apenas o Facebook tornava tudo muito superficial, sem uma história, um enquadramento.



Mais uma vez muito obrigada pela sua disponibilidade.

Obrigada eu pela sua iniciativa!



quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Entrevista # 2 | 1ª parte

E aqui estou, como prometido, para partilhar a minha 2ª entrevista, desta feita à Filipa Cortez Faria, que tive o prazer de conhecer pessoalmente e que foi uma querida enquanto minha entrevistada.

Nome: Filipa Cortez Faria
Idade:31 anos
Signo: Touro
Mãe de 2 filhos fantásticos: o Salvador, com 4 anos e a Carminho com 2 anos.
Autora do blogue: Filipa Cortez Faria Kids & Design
Profissão: Dietista Coordenadora





1. A Filipa cria o seu blogue em Novembro de 2012. Algum motivo, algum acontecimento que a leve à sua criação?

O blogue surge de uma necessidade de compor e partilhar por palavras aquilo que iniciei via Facebook. Na realidade, tudo começou em Agosto, durante as férias grandes de Verão, altura em que posso realmente relaxar e estar com a minha família mais próxima. Sempre adorei fazer compras para os meus filhos, nomeadamente preparar os kits de roupa, e por ter pouco tempo livre comecei a utilizar o Facebook para procurar novidades e selecionar o que iria comprar, sem gastar tempo a andar de um lado para o outro, à procura nas lojas.
Tenho uma costela espanhola bem presente, que para além do nome, influencia também o gosto por vestir bem os meus filhos. Adoro ver as crianças super arranjadas, lindas, "de se comer", de tão bonecas que estão!! Atenção, que os meus filhos também brincam e se sujam. Aliás, em casa tenho o privilégio de ter jardim e por isso, grande parte das brincadeiras ao fim de semana passam-se na relva e na terra.
Voltando ao Facebook, comecei a sentir que eu, Filipa Cortez Faria, poderia ajudar outras mães, que tal como eu gostam de ver os seus filhos lindooooos, mas não têm tempo, ou paciência, ou até jeito para escolher a roupa das crianças. E assim nasceu a página de Facebook Filipa Cortez Faria Kids & Design! Para além de roupas e acessórios para crianças, também me interesso por moda para nós mães, e amo de paixão a decoração, daí alguns posts nesse sentido.

2. O seu 1º post é fantástico, adorei lê-lo porque me revejo enquanto mãe. Já conhecia frase da Mariana Pimentel, (http://fcfkidsdesign.blogspot.pt/2012/11/o-comeco.html), mas concordo igualmente com as suas? Com 2 crianças em casa, como concilia o tempo delas, com os seus tempos?

Que querida, muito obrigada! Assim que vi a fotografia fantástica da Mariana Pimentel com os seus dois filhos amorosos e li aquela frase.... sorri e pensei "realmente, é mesmo verdade!". 
Felizmente tenho muito trabalho, que me ocupa muito tempo, e por isso, gerir o tempo passou a fazer parte do meu dicionário!! Saio de casa cedo e chego tarde, mas nunca depois das 20h30, e aí sou a 200% do S. e da C. :) e do P., meu marido, claro. Deixei de conseguir trabalhar em casa à noite e por isso, até à hora de deitar falamos, brincamos e descansamos juntos.
O fim de semana é cada vez mais aguardado com intensidade porque aí consigo participar nas rotinas diárias, nomeadamente dar o pequeno-almoço, brincar, vestir, brincar, almoçar .... dar banho (adoro e durante a semana nunca consigo), fazer o jantar, enfim... aquela rotina que a maioria das mulheres tem, mas que eu não, exceto ao fim de semana e por isso valorizo imenso.

3. Já conhecia o mundo dos blogues?

Raramente via blogues, a não ser de decoração. Os blogues em que se escreve uma frase ou outra e depois acaba o post assim do nada tiram-me do sério!! Desculpem! Para isso existe o Twitter :) :) Gosto dos blogues porque nos dão a oportunidade de fazer uma pequeno artigo/composição acerca de uma tema. É uma excelente forma de termos um arquivo nosso, em tempo real.

4. Como foi a reacção do marido e familiares?

O P., meu marido, achou graça e percebeu que era uma excelente forma de eu descontrair do stress do dia-a-dia. Por isso, adorou!! A minha irmã, pais e amigos próximos incentivaram, mas sempre com a ressalva de não expor o S. e a C.

E não ficamos por aqui, a Filipa vai contar-nos um pouco mais acerca de si, amanhã...





terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Mulher tem mesmo vocação...

Compras com a MF é a loucura, ainda para mais compras de mercearia.
Já não é a primeira vez, mas há dias e dias.
Como a MF já anda nos carrinhos de supermercado lá fomos nós. Os primeiros 5 minutos são sempre de diversão, adora passear no carrinho, mexer nas compras, enfim, uma diversão.
O pior vem a seguir, quando quer colo, ou quer pegar nos iogurte e atirá-los para o chão ou então só quer sacos plásticos e colocá-los na boca.
Com uma brincadeira ou outra lá vamos ultrapassando estes pequenos detalhes e continuamos.
Mas são precisas 1001 coisas para a distrair, pois está na fase em que só quer andar e correr e meu Deus tirá-la do carrinho em pleno hipermercado era a loucura das corridas atrás da MF.
Entretanto perde a chupeta, a tão adorada chupeta. Lá fui eu procurar, percorrer o hipermercado e nada. Entretanto já inventava coisas para a distrair lá ía bem ou mal resultando. Ora a deixava tirar os tickets para a padaria, ou então deixava-a mexer no cartão MB e na máquina durante o pagamento.
Ainda assim acho que a MF se porta muito bem e é uma menina muito bem disposta e com a qual posso ir para diferentes sítios, mas não deixa de ser uma criança.
Lá viemos nós com o carrinho cheio de compras até ao carro. Compras no carro, a MF vai para a sua cadeirinha, mas está com a fralda cheia...improvisa-se  e muda-se a fralda no banco de trás... e fome, a MF está cheia de fome. Mulher prevenida vale por duas...um iogulino no saco e umas colheres de plástico, et voilá.
E por fim há sempre uma chupeta suplente.
Finalmente sentei-me no carro e arranquei, mas ainda é preciso chegar a casa e levar a MF e pelo menos as compras que são para o congelador e frigorífico.
Claro que parecia um "burro de carga" mas já cá estamos e com as compras arrumadas.
Mulher tem mesmo vocação, para ser mãe, esposa, dona de casa, profissional e mulher dos 7 ofícios. Enfim acho que somos mesmo especiais.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Escapadinha # 3

Já fui e já regressei de mais uma escapadinha.
Desta vez foi até Lisboa. Um fim de semana diferente, com cheirinho a Natal, muitos passeios e ainda uma passagem pela Vendinha das Mães.
Deixo-vos ficar a fotos, que contam mais que mil palavras...



Lanche no Hotel do Chiado com uma vista deslumbrante sobre Lisboa


 






Os enfeites de Natal




Algumas das lojas visitadas







sábado, 8 de dezembro de 2012

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Entrevista # 1

Partilhei que iria dar inicio a um espaço de entrevistas aqui no blogue da TiaCocas e cá estou, pronta a partilhar convosco um bocadinho mais acerca de vários(as) autorer(as) de blogues e respectivos blogues.
À semelhança da TiaCocas as minhas entrevistados(as) iniciaram a sua incursão no mundos dos blogues há relativamente pouco tempo, 1 ano, outros(as) um pouco mais, outros(as) até muito menos. 
Tanto se fala e publicita blogues mais antigos, já muito conhecidos, muito visitados,  porque não falar dos mais recentes e por sinal, muito interessantes e atractivos.

Hoje e na primeira entrevista estive à conversa com a autora do blogue By me (& her).



Nome:Joana Madail
Idade: 36 anos 
Signo: Gémeos
A tempo inteiro: Mãe da Madalena, também conhecida por Missanga
Profissão: Gestora Turística





Quando iniciou o seu blogue?
Comecei este blog em 2011...poucos meses depois da M. ter nascido!

Já conhecia o mundo dos blogues?
Lia alguns mas só depois de ser mãe comecei a ler os mamy bloggers!

O blogue abrange essencialmente temas sobre bebés, crianças…a ideia surge por causa da Missanga?
Foi por ela que iniciei o blog! Tinha tanto prazer em vê la crescer que queria partilhar isso com o mundo!

Como foi a reacção do marido e familiares?
O marido não liga muito a isto!! Não acha piada há exposição e tento sempre resguardá-lo!
Na família há pessoas que não sabem e outras que só agora se deram conta e aderiram a ele! 

E a sua reacção quando começou a ver que o blogue começava a ter muitas visitas e que tinha leitores(as) que comentavam os seus posts?
Todas nós que escrevemos gostamos de receber "likes" e comentários nos nossos blogs! É uma forma de sabermos que gostam de nós e que nos seguem!!!

Quantas horas diárias dedica ao blogue?
Eu sou muito dependente do computador portanto muita parte do meu dia é aqui...

Qual o objectivo do blogue? Até onde é que pretende levar o blogue?
Parece que respondo tudo antes do tempo...o objectivo é mesmo partilhar com as pessoas o desenvolvimento da Missanga! Comecei por mostrar roupas e forma de a vestir mas fartei-me quando vi que surgiam muitos outros a fazerem o mesmo!! De vez em quando não resisto e falo sobre o que trás vestido...mas tento mais agora focar-me no seu dia a dia...no meu dia a dia enquanto mãe! No que fizemos e no que ela fez que mereça destaque!!

Alguma vez pensou a não continuar, em não escrever mais?
Já! Houve uma altura em que decidi que não ia voltar a este blog!! Deixar de escrever não! Aliás porque sempre adorei a escrita e cheguei até a inscrever-me num curso de Jornalismo...que depois virou Turismo! 


Obrigada Joana, por esta breve conversa, obrigada por partilhar comigo e com as minhas leitoras um pouco mais de si e do blogue By me (& her).



Música de Natal

A minha música de Natal de há anos...adoro conduzir ao som desta melodia.

Ouça e veja aqui: música de natal



http://www.facebook.com/TiaCocas

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Entrevistas... em breve



Em breve irei publicar entrevistas feitas pela Tia Cocas a autoras de blogues recentes na blogosfera, tal como o meu.
Vamos estar à conversa e partilhar nesta nova rubrica, curiosidades sobre os blogues e as respectivas autoras.

http://www.facebook.com/TiaCocas

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

200 visitas diárias

E conseguimos atingir as 200 visitas num só dia...Obrigada a todos, vamos repetir amanhã?